Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » MPE inaugura anexo I da PGJ que passa abrigar Gaeco e gabinetes de procuradores de Justiça

MPE inaugura anexo I da PGJ que passa abrigar Gaeco e gabinetes de procuradores de Justiça



O Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) do Estado de Mato Grosso passou a contar com uma nova sede. Anexo à Procuradoria Geral de Justiça, no Centro Político Administrativo, o prédio é composto por 23 salas, divididas entre gabinetes para os promotores de Justiça, delegados de Polícia e oficiais Militares. O espaço dispõe, ainda, de ambientes destinados à Tecnologia da Informação, monitoramento, operações, material bélico, equipamentos e sala de escuta.

“A nova sede do Gaeco foi construída seguindo os padrões da inteligência nacional. Tudo foi planejado para gerar à população mato-grossense a certeza de que temos um grupo que trabalha no combate ao crime organizado totalmente gabaritado e em condições de desenvolver um trabalho de excelência “, ressaltou o procurador-geral de Justiça, Paulo Roberto Jorge do Prado.

Dividido em dois pavimentos, além de abrigar o Gaeco, o edifício também conta no piso superior com 20 gabinetes para procuradores de Justiça e assessorias jurídicas. A nova sala de colegiados também funcionará no anexo I da PGJ. O prédio atende a todas exigências referentes à acessibilidade.

HOMENAGEM: Inaugurado na sexta-feira (06), o anexo I da Procuradoria Geral de Justiça leva o nome do procurador de Justiça “Luiz Vidal da Fonseca”. Ele faleceu em junho de 2013 e durante a sua trajetória prestou serviços relevantes ao Ministério Público do Estado de Mato Grosso.

Membro do MP/MT desde 1963, Luiz Vidal da Fonseca ocupou o cargo de procurador-geral de Justiça nos anos de 1991 a 1995. Exerceu, também, vários outros cargos, entre eles, o de Corregedor-Geral do MP, do presidente da Associação Mato-grossense do Ministério Público; presidiu o Conselho Superior do Ministério Público e Colégio de Procuradores de Justiça; chefiou o Ministério Público Federal em Mato Grosso e foi professor fundador da cadeira de Direito Penal na Universidade Federal de Mato Grosso.

“O reconhecimento, fortalecimento e credibilidade do Ministério Público deve-se não apenas aos que aqui estão exercendo seu mister, mas também aos valorosos colegas, como o dr Luiz Vidal, que passaram e deixaram suas marcas grafadas para a eternidade”, afirmou o procurador-geral de Justiça Paulo Roberto Jorge do Prado.



Assessoria de Imprensa do Ministério Público do Estado de Mato Grosso
Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização