Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » HUJM realiza mutirão oftalmológico para pacientes judicializados

HUJM realiza mutirão oftalmológico para pacientes judicializados



Oito horas de viagem até chegar a Cuiabá foi a parte mais fácil do caminho que Sebastião Pereira da Silva percorreu para continuar o tratamento nos olhos. O auxiliar de servente de pedreiro mora no município de Colíder, localizado a 633 quilômetros da Capital mato-grossense, onde esperava há 3 anos por um procedimento oftalmológico do Sistema Único de Saúde. “Estava atrapalhando a vista um pouquinho, mas graças a Deus o Hospital chamou”, diz aliviado Sebastião, um dos pacientes atendidos no mutirão oftalmológico oferecido pelo Hospital Universitário Júlio Müller (HUJM-UFMT/Ebserh) no último sábado, dia 30 de abril.

Cinquenta pacientes foram chamados para passar por procedimentos de Capsulotomia a Yag Laser, tratamento pós-cirurgia de catarata, e lridotomia, indicado para pacientes com glaucoma. Este foi o primeiro de três mutirões, que atenderão 147 pacientes cujos casos foram judicializados. Como referência na oftalmologia, o HUJM está preparando a estrutura e organizando equipes de médicos e residentes que realizam os atendimentos agendados.

“Esses pacientes que nós estamos atendendo são do interior do Estado em sua maioria. Os casos deles foram judicializados pelos respectivos municípios para que a Central de Regulação realize o procedimento. O Hospital Júlio Müller, em contrapartida, organizou os mutirões para zerar essa fila de judicializacão. Lembrando que, o nosso serviço do Hospital faz esse procedimento regularmente com a parte eletiva (paciente agendado). A gente está fazendo o mutirão para ajudar os pacientes”, pontua o médico oftalmologista, Jadson Coutinho, coordenador do mutirão.

Durante o mutirão, Dona Benedita Sebastiana de Oliveira de Alencar ficou satisfeita quando o oftalmologista sugeriu o agendamento de outro procedimento dentro do Hospital. A produtora rural do município de Tangará da Serra (a 240 km da Capital) vai fazer uma cirurgia de redução da pálpebra. Benedita conta que, há 6 anos, chegou a procurar atendimento privado, mas não teve condições financeiras para realizar a cirurgia. “A gente espera tanto tempo e agora vai dar certo. Nem acreditei quando ele falou. É meu sonho. Essa “pele” em cima do olho pesa e cansa minha vista”.

Para o superintendente em exercício do HUJM, Eduardo De Lamonica Freire, os mutirões são ações coletivas que visam a solução mais rápida dos problemas prioritários que se acumulam na população e envolvem o esforço concentrado das equipes multiprofissionais que nele atuam. “Parabenizamos todos os envolvidos e destacamos que o HUJM manterá essas ações em favor da saúde pública da nossa região”, ressalta Freire.




Evania Costa - Assessora de Comunicação
Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização