Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Polícia Civil avança na padronização de delegacias em todo o Estado

Polícia Civil avança na padronização de delegacias em todo o Estado



Leidiane Montfort | PJC-MT

Em 2016, a Polícia Judiciária Civil focará ainda mais na padronização de delegacias em todo o Estado. As regras incluem layout nas cores oficiais, planejamento de plantas arquitetônicas, que priorizam a circulação interna com separação de vítimas e presos, e a criação de uma identidade visual abrangendo ainda uniformes e viaturas. Toda a regulamentação está disponível em nosso site da Polícia Civil, no menu “Legislação", seção "Padronização”.

Qualquer projeto de reforma às delegacias de Mato Grosso devem ser encaminhados à Gerência de Acompanhamento de Projetos, Convênios e Obras (GAPCO), vinculada à Diretoria de Execuções Estratégicas (DEE). “É nesse setor que as propostas são adequadas no padrão aprovado pela instituição, com definição de cores, formatos e materiais dentro das especificações. Um exemplo recente é o da Delegacia de Querência (945 km a Nordeste). Após avaliação das fotos recebidas enviamos o projeto já padronizado para ser executado na cidade”, explica o gerente e engenheiro Robson Benedito Camargo.

Casos similares são frequentes, graças a parcerias executadas junto às prefeituras e à iniciativa privada por meio de Termos de Cooperação Técnica, realidade em muitas regionais do interior de Mato Grosso. As próximas unidades a receberem adequações serão nas cidades de Sorriso (420 km ao Norte) e Primavera do Leste (231 km ao Sul), além da 1ª DP de Várzea Grande (Central de Ocorrências) e 2º Delegacia de Polícia (Carumbé).

Entre as reformas já entregues dentro das regras de padronização estão as Regional de Nova Mutum (264km ao Norte), Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Tangará da Serra (239 km a Médio-norte), Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) e Central de Ocorrências da Prainha (1ª DP), em Cuiabá.


“A intenção é que a população consiga facilmente identificar em qualquer lugar de Mato Grosso uma fachada da Polícia Civil”, define a arquiteta Paula Albuquerque. “Foi criado todo um dimensionamento padrão para otimizar os espaços e garantir o melhor fluxo dentro das unidades, respeitando a área frequentada pelas vítimas do local de entrada dos presos e conduzidos”.

A atual Diretora de Atividades Especiais da Polícia Judiciária Civil (DAE), Maria Alice Barros Amorim, percorreu o Estado inteiro quando esteve à frente dos projetos de reformas das delegacias em sua gestão na DEE (de 01/2015 a 03/2016) e acompanhou de perto os projetos de melhorias estruturais. “A padronização surgiu com uma visão clara e específica de trazer funcionalidade às unidades, além de identidade própria à Polícia Civil”.


Agora quem assume a missão é o delegado Mario Dermerval Aravechia de Resende, empossado na semana passada à frente da Diretoria de Execuções Estratégicas (DEE) com o compromisso de otimizar os trabalhos e seguir avançando na consolidação identitária da instituição. “As especificações integram o Manual de Identidade Visual da PJC com diretrizes aprovadas pelo Conselho Superior de Polícia. O programa de padronização engloba toda a estrutura física das unidades policiais, viaturas, vestimentas e documentos, com fins de fortalecer a identidade visual da instituição e ainda informar mais claramente ao cidadão”, explicou.



Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização