Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Medicina desenvolve atividade de extensão com a Marinha

Medicina desenvolve atividade de extensão com a Marinha


Hemilia Maia


Foto por: Deivid Fontes

A Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) participou neste fim de semana dos dois primeiros dias (02 e 03) das Ações Cívico-sociais: Assitência Hospitalar (Asshop) da Marinha, em Cáceres. A parceria se deu por meio do curso de Medicina que aferiu pressão arterial; realizou testes rápido de glicemia; exames de vista e triou os pacientes para consulta com médicos e dentistas da Marinha no navio de assistência hospitalar Tenente Maximiano.

Durante a atividade de extensão os acadêmicos coletaram dados antropométricos como peso, altura e circunferência abdominal entre outros e informações sócio demográficas para conhecimento do perfil de populações ribeirinhas que tem dificuldades de acesso aos serviços de saúde convencionais.

A acadêmica Maria Beatriz Bravin, do 7º período, disse que a oportunidade de por em prática a teoria somada à aproximação dos pacientes foi incrível. Rosa Maria Gomes, do Bairro São Jorge, que estava com a taxa glicêmica alta, aprovou a iniciativa “aqui já saímos com o encaminhamento.” Para a moradora do Bairro Marajoara, Melva Espinoza, que precisava consultar com um clínico geral foi muito bom “aqui é com certeza mais rápido’.

A atividade de extensão foi coordenada pela professora Denise da Costa Boarmorte  Cortela, coordenadora do curso de medicina da Unemat, contou com a participação da professora Carolina Ohara como pesquisadora/colaboradora e 12 acadêmicos do 4º, 7º e 8º semestres do curso de Medicina. 

De acordo com Denise Cortela esta atividade de extensão subsidiará um projeto de estudo das condições de saúde e os fatores que influenciam a prevalência e incidência das doenças da população ribeirinha do Alto Pantanal do município de Cáceres e fatores addociados ao processo saúde-doença.
Ações Cívico-sociais: Assitência Hospitalar – De acordo com o Comandante do Navio Tenente Maximiano, Capitão Tenente Thiago Cristiano Muniz, as Asshop são realizadas durante o ano todo em Mato Grosso do Sul no Rio Paraguai de Porto Murtinho a Barra de São Lourenço, em Mato Grosso no Rio Cuiabá de Porto Jofre a Cuiabá, passando por Barão do Melgaço, Poconé e Santo Antônio do Leverger. Já em Cáceres os atendimentos médicos primários e odontológicos só ocorrem no período de cheia, “geralmente no primeiro semestre”, explicou o comandante.

O atendimento que teve início no dia 2 terminará em 12 de abril após realizar uma média de atendimentos de 130 pessoas por dia. As comunidades ribeirinhas Baizainha, Barranco Vermelho, Porto Carne Seca, e Santo Antônio das Lendas receberão o Navio Tenente Maximiano com uma equipe de 37 militares, entre eles, dois médicos, dois dentistas e quatro técnicos de enfermagem. No navio há medicamentos disponibilizados pela prefeitura de Cáceres e pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso como antipertensivos, antiinflamatórios, analgésicos, antifúngicos e antialérgicos. As Asshop fazem parte da Operação Celeiro da Marinha.


Em casos de urgência os pacientes poderão ser removidos por helicóptero, por meio do 6º distrito Naval da Marinha em Ladário-MS.
Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização