Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Ladrões de banco são presos quando compravam carro de luxo a vista em MT

Ladrões de banco são presos quando compravam carro de luxo a vista em MT



Folha Max

Dois assaltantes de uma agência bancária do Estado do Acre foram presos pela Gerência de Combate ao Crime Organizado, da Polícia Judiciária Civil (GCCO), na noite de quinta-feira (21.04), em Cuiabá. A ação resultou na apreensão de mais de R$ 80 mil em dinheiro e bloqueio de R$ 190 mil, que seriam utilizados para comprar dois veículos Toyota Corolla.

Os acusados Eliandro Carvalho Ferreria, 35, e Miqueias Teixeira Alves, 32, foram presos após a equipe do GCCO identificar uma terceira pessoa que dava apoio à ação dos suspeitos em Cuiabá. A ação está inserida na operação da Secretaria de Segurança Pública, Carga Máxima, e marca os 174 anos da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, comemorado no dia 21 de abril.

O roubo aconteceu no dia 18 de abril, quando quatro criminosos fizeram refém a família do gerente da agência do Banco Bradesco, da cidade de Plácido de Castro (AC), por aproximadamente 15 horas. Durante o período, o gerente foi obrigado a fazer transferências para diversas contas bancárias que somadas chegaram ao valor de R$ 500 mil.

Na ação, os criminosos ainda subtraíram aproximadamente R$ 300 mil em dinheiro, que foi dividido entre eles. De acordo com as investigações, os assaltes tinham um comparsa que funcionava como “laranja” que ficou responsável por fazer o saque do dinheiro em uma das contas, em Cuiabá.

Com a sua identificação, os policiais do GCCO conseguiram monitorar os passos dos assaltantes, que viriam para Cuiabá buscar dois veículos Corolla comprado com o produto do roubo e o restante da quantia em dinheiro. No local combinado para entrega dos bens, um posto de gasolina próximo ao Hospital Santa Rosa, a equipe do GCCO montou um cerco policial conseguindo realizar a prisão dos suspeitos.

A dupla de assaltantes estava em uma caminhonete Triton L-200, sendo localizado no interior do veículo R$ 10.417, em notas de R$ 100, 50 e 10. Em continuidade ao cerco, policiais do GCCO passaram informações para Polícia Civil do Estado de Rondônia, que conseguiram recuperar a arma utilizada no crime e R$ 68.990, na casa do suspeito Eliandro, na cidade de Vista Alegre de Abunan (RO). As notas ainda estavam separadas com fitas do Banco Bradesco.

Outros R$ 190 mil que já estavam na conta da Toyota para compra dos veículos também foram bloqueados durante a operação.


Os suspeitos foram conduzidos ao GCCO e após serem interrogados pelo delegado Diogo Santana Souza foram autuados em flagrante pelos crimes de associação criminosa e lavagem de dinheiro. “Não havia mais situação de flagrante em relação ao roubo e os suspeitos terão a prisão preventiva representada pela Polícia Civil do Acre”, explicou o delegado.
Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização