Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Instrutores do Rede Cidadã passam por treinamento em Cuiabá

Instrutores do Rede Cidadã passam por treinamento em Cuiabá



Instrutores e coordenadores do Rede Cidadã de diversos municípios de Mato Grosso passaram por uma capacitação sobre as metodologias do programa que atende crianças, adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade. A capacitação aconteceu na sede do Rede em Cuiabá nos dias 04 e 05 (segunda e terça-feira).

Durantes os dois dias foram vistos conceitos e métodos que servirão para melhorar os trabalhos que vem sendo desenvolvidos pelos instrutores, conforme informou o coordenador adjunto do programa em Nova Olímpia, sargento Adão Santana. Junto com ele, participaram o pedagogo João Agapito (oficina de Espanhol), cabo-PM Josué (oficina de Futebol de campo) e Valdeci Ramos (oficina de Jiu-Jitsu).

O programa Rede Cidadã desenvolve atividades esportivas, culturais e educacionais voltadas às crianças e adolescentes de 10 a 17 anos em condições de vulnerabilidade social. Criado pela Polícia Militar de Mato Grosso, tem no município a Prefeitura de Nova Olímpia como principal parceira e também conta com apoio do Rotary Club.

Em Nova Olímpia, o programa oferece curso de Espanhol e oficinas de Violão, Futsal, Futebol de Campo e Jiu Jitsu. “O foco principal do programa é promover uma política preventiva junto ao público juvenil. Mais do que proporcionar uma oportunidade de crescimento educacional e cultural, o Rede Cidadão diminui o tempo ocioso dos jovens evitando que eles sejam alvos de atividades ilícitas”, lembrou.


Santana também destaca que para participar do Rede Cidadã a criança ou o adolescente deve ter entre 10 a 17 anos, estar matriculado e frequentando a escola e, caso não esteja, o jovem e os familiares precisam demonstrar o interesse de voltar a estudar. Além disso, também é importante que a família acompanhe o desenvolvimento e comprometimento do aluno.
Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização