Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Funcionamento do Pronto Atendimento Infantil do HUJM será suspenso temporariamente para conclusão de obras

Funcionamento do Pronto Atendimento Infantil do HUJM será suspenso temporariamente para conclusão de obras


O serviço prestado pela Unidade de Atendimento Pediátrico (UAP), antigo PA Infantil, do Hospital Universitário Júlio Müller (HUJM-UFMT/ Ebserh) será temporariamente suspenso em abril, a partir do dia 04, para finalização das obras de reforma do telhado da instituição. O Ambulatório I, onde são realizadas as consultas com especialistas em pediatria, permanecerá funcionando em regime especial de atendimento. Isso porque a Unidade será remanejada para outro espaço, assim como a Central de Marcação de Consultas e Exames (Cemec).

A direção do HUJM reforça que os exames continuam sendo realizados normalmente e a interrupção das atividades da UAP é necessária para garantir a segurança dos pacientes e profissionais do hospital, já que os longos períodos de chuva causaram a deterioração do teto, o que pode causar desprendimento e atingir usuários do hospital.

Assim que retornarem os trabalhos, a UAP do Hospital voltará a funcionar de segunda a sexta-feira, das 07 horas às 19 horas.

AL debate crédito fundiário a desalojados de Manso

A audiência acontece nesta terça-feira (5/4), às 9 horas, no auditório Milton Figueiredo, na Assembleia Legislativa (ALMT)



Por requerimento do deputado estadual José Domingos Fraga (PSD), a Assembleia Legislativa vai debater a concessão de crédito fundiário aos assentados remanescentes de Manso, no município de Alto Paraguai. A audiência acontece nesta terça-feira (5/4), às 9 horas, no auditório Milton Figueiredo, na Assembleia Legislativa (ALMT).

De acordo com o parlamentar, o intuito é que se proponha o título definitivo da área em debate às famílias, uma vez que as mesmas foram desalojadas em razão da construção de uma usina hidrelétrica  - que aconteceu há pelo menos 15 anos.


Participam do evento o secretário de Estado de Agricultura Familiar e Regularização Fundiária, Suelme Evangelista Fernandes; auditor-agrário nacional, Gercino José da Silva Filho; o representante do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Francisco das Chagas Ribeiro Filho; e a coordenadora da Unidade Técnica Estadual de Crédito Fundiário (UTE/MT), Rosenil da Conceição Silva, além dos deputados e população em geral.
Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização