Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Deddica localiza criança agredida em Panificadora

Deddica localiza criança agredida em Panificadora



Assessoria | PJC- MT

Policiais da Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica), da Polícia Judiciária Civil, localizaram, na noite desta segunda-feira (11.04), as três crianças envolvidas na ocorrência da Panificadora Viena, na região do bairro Goiabeiras, em Cuiabá, na última sexta-feira (08.04).

As três crianças, sendo dois irmãos 13 e 14 anos, e um coleguinha de 12 anos, foram encontradas no bairro Boa Esperança, próximo a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), vendendo doces.

De acordo com o boletim de ocorrências, as crianças entraram no estabelecimento para vender paçoca e uma delas foi agredida com um soco no rosto por um funcionário, que também foi localizado, na segunda-feira, pelos policiais, mas se encontra no interior do Estado. Ele deverá se apresentar nesta quarta-feira (13.04), na Delegacia, para ser interrogado quanto à agressão praticada.

Uma denúncia ajudou os policiais a identificar os meninos e também encontrar o pai do  garoto de 12 anos que sofreu a agressão.  Os policiais ligaram para o pai da criança, que trabalha como vigilante em uma creche na Cohab Alice Novack, no bairro Jardim Industrial. Ele disse que tem nove filhos, que ganha cerca R$ 1 mil,  e os filhos maiores ajudam nas despesas da casa vendendo pães e doces. “Hoje buscamos todos para serem ouvidos na Delegacia”, disse o chefe de operações Darimar Carneiro Aguiar.

Os pais das três crianças estão nesta manhã na Deddica para serem ouvidos. Os meninos passarão por entrevista coma equipe multidisciplinar da Delegacia e o garoto que sofreu as agressões será submetido a exame de corpo delito na Coordenadoria de Medicina Legal.

Duas testemunhas também irão prestar esclarecimentos da ocorrência, assim como o dono e o gerente da panificadora. A Polícia Civil aguarda a entrega das imagens do circuito de segurança do estabelecimento.

A Deddica também acionou o Conselho Tutelar e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que acompanha o caso. O agressor foi demitido da Panificadora.


Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso
Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização