Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Alunos participam de ações educativas para combater o ‘Aedes aegypti’

Alunos participam de ações educativas para combater o ‘Aedes aegypti’



Com o objetivo de orientar sobre os cuidados e prevenções contra o mosquito Aedes aegypt – transmissor responsável pela dengue, a febre chikungunya e o vírus Zika, a Escola Especial ‘Dante de Oliveira desenvolveu atividades pedagógicas com seus alunos, bem como convidou a equipe da Vigilância Sanitária para ministrar palestra aos alunos, pais, professores e demais servidores da unidade na manhã de sexta-feira (15).

Conforme a diretora da instituição de ensino, Aparecida Benício França, o objetivo da atividade foi de envolver os alunos nas discussões que abordam o problema da dengue. “Durante as últimas semanas, os educadores realizaram diversas atividades com os alunos, como forma de prevenção. Quanto mais informação, melhor, pois os estudantes serão disseminadores de tudo o que foi repassado aqui”, destacou a diretora.

A frente das explicações estiveram o enfermeiro Samuel Muller e os agentes da VISA, Ribamar Magson e Dayane Padilha de França que abordaram o tema de forma simples e lúdica. Também houve momento para os presentes tirarem suas principais dúvidas; foram distribuídos folder educativo aos presentes, bem como puderam ver o mosquito no microscópio.


Segundo Ribamar, a atividade integra o conjunto de ações educativas para sensibilização, orientação e conscientização da população para a prevenção e o combate ao surgimento de novos focos do Aedes, proliferação dos mosquitos. Ele destacou que foram passadas orientações para redobrarem a atenção com a limpeza das residências e ambientes de trabalho, verificando locais onde o mosquito possa depositar seus ovos, tais como caixas e depósitos de água, vasos de plantas, calhas e outros. “Ficamos felizes em levar esta iniciativa aos alunos da Escola Especial. Nosso objetivo é conscientizar o maior número de pessoas, falando sobre a doença, as formas de contágio e a importância de cada um fazer sua parte”, disse o agente.





Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização