Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Meta do Senar-MT é iniciar mais seis turmas do Programa Campo Aprendiz em 2016

Meta do Senar-MT é iniciar mais seis turmas do Programa Campo Aprendiz em 2016


     
Asssessoria Gecom

Foi com o objetivo de atender as demandas dos parceiros que precisavam cumprir a Lei de Aprendizagem 10.097/2000 regulamentada pelo decreto 5.598/2005 que o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) passou a oferecer desde 2011, o Campo Aprendiz. Porém mais que isso, o programa atualmente forma mão de obra para atender a demanda que cresce consideravelmente mês a mês nas cadeias da soja, milho, algodão, cana de açúcar e várias outras.

Boa parte dos jovens entre 18 e 24 anos que participam do programa já tem emprego garantido mesmo antes de concluir o curso. Para fazer o Campo Aprendiz é preciso ter entre 18 e 24 anos, estar cursando o ensino fundamental ou o médio e possuir contrato de trabalho especial de aprendizagem com as empresas agropecuárias. A gestora do programa Mariana Torres Licursi Vieira acrescenta que também é importante que os trabalhadores tenham afinidade com o setor agropecuário.

Em 2016, o Senar-MT e parceiros estão com quatro turmas em andamento que deverão concluir o curso até o fim do ano. "A meta para 2016 é iniciar mais seis turmas em todo Estado", ressalta Mariana.  Na opinião dela, o programa é fantástico por que além de atender as expectativas dos parceiros em cumprir as demandas geradas pela Lei de Aprendizagem, também permite que as empresas possam moldar o profissional de acordo com o perfil que precisam para preencher seus postos de trabalho.

Mariana acrescenta ainda que para os jovens, o programa é importante porque dá a chance de se capacitarem, obterem um certificado que é valido em todo território nacional e, especialmente, porque abre portas para o mercado de trabalho. "A expectativa do Senar-MT é poder atender as demandas dos nossos parceiros e cumprir com a nossa missão, colaborando desta forma para a formação dos jovens aprendizes".

A instituição de Ensino Rural oferece a capacitação em Mecanização Agrícola, Cultura da Cana-de-açúcar, Mecanização Agrícola voltada à cultura de Soja e Milho e Mecanização Agrícola voltada para o cultivo de Cana-de-açúcar.  O tempo destas capacitações variam de 880 a 960 horas.

Este curso também aborda assuntos como relacionamento interpessoal, comunicação oral e escrita, gestão empreendedora, cidadania, noções de informática, saúde, segurança no trabalho e cálculos matemáticos. Além disso, há ainda outros assuntos específico da cadeia produtiva que está sendo atendida.

As empresas interessadas em solicitar o programa especial Campo Aprendiz, deve procurar o Sindicato Rural do seu município, que é o principal parceiro para realização de todos eventos do Senar-MT. Vale ressaltar que a seleção dos participantes é feita pela empresa que deseja realizar o programa.

O Senar-MT faz parte de um conjunto de entidades que formam o Sistema Famato, assim como a Federação, o Imea e os 89 sindicatos rurais do Estado. Essas entidades dão suporte para o desenvolvimento sustentável do agronegócio. O Senar está no Facebook e no Instagram. Curta a Fan Page www.facebook.com/SenarMt e a conta @senar_mt.


Fonte: Assessoria Gecom
Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização