Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Alunos da Escola Renê Barbour vão a campo no combate ao Aedes Aegypti

Alunos da Escola Renê Barbour vão a campo no combate ao Aedes Aegypti

Projeto pedagógico da Escola aborda o combate ao mosquito Aedes Aegypti



O combate ao mosquito Aedes Aegypti, principal causador das temidas doenças Dengue, Zika e Febre Chikungunya ganha um grande reforço nas escolas da rede pública municipal de Nova Olímpia que estão desenvolvendo projetos pedagógicos com os alunos do primeiro e segundo ciclos.

Na escola Municipal ‘Deputado Renê Barbour’, localizada no bairro São João, o trabalho com os alunos já ultrapassou os limites da sala de aula e chegou aos moradores do entorno da escola. E na manhã desta quarta-feira (30) foi desenvolvida uma campanha de conscientização com a participação de pelo menos 100 alunos das turmas do 4º, 5º (matutino e vespertino) e 6º anos, acompanhados pelos professores Maria José, Gregório Cícero Correa, Irio Priebe e Cleiton Rocha Matos, diretora Leia Brizola, coordenadora pedagógica, Maria Luiza e Agentes de Combate a Endemias. “Estamos entregando panfletos nas residências e fazendo a conscientização das pessoas sobre o combate ao mosquito”, disse o professor Gregório.

Segundo a diretora Leia, trata-se de um projeto pedagógico que inclui a escola como uma grande aliada da comunidade no combate ao mosquito Aedes Aegypti. “Além de trabalhar em sala de aula,  vamos às casas das pessoas passar informação, com o objetivo de dar nossa contribuição no combate ao mosquito”, destacou. Ela disse que essa ação tem o apoio da Secretaria Municipal de Saúde, através dos agentes de endemias que ministraram palestras e acompanham os alunos a campo.


A diretora destaca que o projeto será trabalhado durante todo o ano. “Iniciamos em fevereiro com a sua apresentação aos alunos e professores e em março desenvolvemos leituras, produção de desenhos, textos e pinturas, palestras e a distribuição de panfletos. A segunda etapa acontece a partir de setembro e segue até novembro, quando desenvolveremos produção textual, utilizando frases de impacto, redações, cartazes, maquetes, recolhimento de materiais recicláveis e a confecção de objetos úteis com os materiais recolhidos. E no dia 18 de novembro haverá a culminância do Projeto, com apresentação e exposição dos materiais confeccionados pelos alunos”, informou a diretora.





Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização