Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Universitário morre ao ser atingido por hélice de avião em fazenda arrendada por secretário de Estado

Universitário morre ao ser atingido por hélice de avião em fazenda arrendada por secretário de Estado

Olhar Direto - Ronaldo Pacheco

     Foto: Reprodução


Uma provável manobra equivocada ceifou a vida do universitário Ivaldo Alves de Barros Filho, 33 anos, em Barra do Garças, no Vale do Araguaia. O incidente aconteceu na Fazenda Nova Viena, do grupo Marca Agropecuária, que pertence ao secretário Eduardo Moura, do Gabinete de Desenvolvimento Regional do governo Pedro Taques.

Todavia, desde o final de 2014, a fazenda está arrendada para um grupo agropecuário de Primavera do Leste. “É evidente que estou consternado, porque conheço a família e minha equipe está prestando todo apoio necessário. Mas não tenho nada a ver com a fazenda desde que assumi a Secretaria”, explicou Eduardo Moura, por telefone, para a reportagem do Olhar Direto.
 
“Até onde soube, o que ocorreu  foi um fatalidade. Nossa equipe está lá dando assistência”,  disse Eduardo Moura. Ivaldinho cursava Agronomia no Campous de Nova Xavantina da Universidade de Mato Grosso (Unemat).
 
Ainda sob investigação, as informações preliminares dão conta de que Ivaldinho estava ajudando na manutenção dos bicos de pulverização do avião agrícola, na Fazenda Nova Viena, quando foi atingido pela hélice e teve a cabeça decepada. Estudante de Agronomia na Unemat de Nova Xavantina, ele era bastante conhecido nos meios agropecuários e estava concluindo a sua monografia.
 
As informações iniciais do Corpo de Bombeiros de Nova Xavantina, que participa da apuração dos fatos, dão conta de que a aeronave estava ligada no momento do sinistro. E que, ao sair debaixo do avião, foi atingido na cabeça pela hélice da aeronave, vindo a óbito no local, em poucos instantes.
Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização