Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Trio de reforços do Timão equipara números de Jadson, Renato e Love

Trio de reforços do Timão equipara números de Jadson, Renato e Love

Marlone, Giovanni Augusto e André chegam para substituir trinca que brilhou no Brasileirão passado. Novo ataque faz menos gols, mas dá mais assistências

G1 Diego Ribeiro - São Paulo

Jadson, Renato Augusto e Vagner Love vão fazer falta ao ataque do Corinthians, mas os reforços contratados para o setor ofensivo mostram que há meios de o time continuar competitivo em 2016. Marlone, Giovanni Augusto e André, os três principais reforços, apresentam números interessantes acumulados no Campeonato Brasileiro de 2015.

      Guilherme, André e Giovanni treinam no CT (Foto: Marcelo D. Santis/Framephoto/Estadão Conteúdo)

Em assistências, por exemplo, o trio atual foi mais produtivo que o campeão brasileiro. Juntos, Giovanni, Marlone e André deram 23 passes para gols, contra 20 de Jadson, Renato e Love. Neste caso, pesa muito o instinto de garçom de André. Pelo Sport, o centroavante teve seis assistências, contra apenas duas de Vagner Love, da mesma posição.

Nos gols, porém, os corintianos do ano passado foram beneficiados pela fase artilheira de Jadson, que foi às redes 13 vezes. No total, foram 32 gols do trio Jadson/Renato/Love, contra 21 dos reforços contratados para esta temporada. 

ASSISTÊNCIAS

Jadson 12, Renato 6, Love 2 = 20 
Giovanni 10, Marlone 7, André 6 = 23


GOLS

Jadson 13, Renato 5, Love 14 = 32
Giovanni 5, Marlone 3, André 13 = 21


FINALIZAÇÕES POR JOGO

Jadson 1,79, Renato 2,2, Love 1,71 = 5,7 
Giovanni 1,29, Marlone 1,4, André 1,62 = 4,31 


 Nas finalizações, o trio do ano passado tem leve vantagem, mas não tão significativa. Somados, Jadson, Renato e Love davam 5,7 arremates a gol por partida. A nova trinca teve média de 4,3.
Tite considera que os três jogadores contratados podem fazer funções semelhantes às de quem saiu, ainda que o time passe a ter características um pouco diferentes. O técnico indicou que pode colocar dois jogadores de maior infiltração por dentro, e dois de velocidade pelos lados. Em 2015, Jadson, de armação, atuava aberto pela direita.

A nova ideia indica que Marlone é mesmo concorrente a uma vaga no lado esquerdo do ataque – Lucca foi o titular na vitória por 1 a 0 sobre o XV de Piracicaba, neste domingo, e também é opção. Giovanni pode jogar em faixa do campo semelhante à de Renato, enquanto André seria o homem mais avançado, mas também com liberdade para se movimentar.

O meio-campo também ganhou o reforço de Guilherme, que não jogou boa parte do Brasileirão passado porque se transferiu do Atlético-MG para o Antalyaspor, da Turquia. Quem já está no time sente a necessidade de reforços e comemora a chegada dos novos companheiros.

Perdemos jogadores importantes, foram embora seis titulares. A diretoria trouxe também jogadores com qualidade. O Giovanni e o André, o Guilherme, o Marlone... Todo mundo vem para somar, para que o Corinthians possa fazer um ano muito bom – afirmou o atacante Romero.

A intenção de Tite é achar a melhor formação até a estreia na Taça Libertadores, dia 17 de fevereiro, contra o Cobresal, no Chile. Até lá, o Corinthians tem mais três jogos pelo Campeonato Paulista para testar opções, promover as estreias dos reforços e mostrar que pode, ao menos, lembrar um pouco do padrão que a equipe tinha no ano passado.
Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização