Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Telefonia Celular é setor mais reclamado nos Procons de Mato Grosso em 2015

Telefonia Celular é setor mais reclamado nos Procons de Mato Grosso em 2015

Em segundo lugar aparece a categoria 'Energia Elétrica'

     Foto Divulgação Mídia News 

Mídia News 

Os Procons de todo o país divulgam nesta segunda-feira (01), em conjunto com a Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça (Senacon/MJ), o Boletim Sindec 2015.

A publicação apresenta uma breve análise sobre as demandas de consumo levadas aos Procons que são integrados ao Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec) durante 2015.

O Boletim Sindec permite à sociedade o acesso a informações sobre as empresas mais demandadas nos órgãos públicos de defesa do consumidor e os principais problemas apresentados, de forma a orientar o consumidor na escolha de produtos e serviços.

Além disso, incentiva os fornecedores a aprimorar o atendimento ao consumidor, a qualidade dos produtos e serviços ofertados e garante o permanente controle social sobre o mercado de consumo, com vistas a seu aperfeiçoamento.

Em Mato Grosso, atualmente 26 Procons encontram-se integrados ao Sindec e juntos registraram 65.518 (sessenta e cinco mil quinhentos e dezoito) atendimentos em 2015.

O assunto que mais gerou reclamações foi a 'Telefonia Celular', com 9.177 atendimentos, o que representa 14% das demandas dos órgãos de defesa do consumidor do Estado. Em segundo lugar aparece a categoria 'Energia Elétrica', com 6.263 registros, em terceiro a categoria 'Telefonia Fixa', em quarto lugar 'Água e Esgoto' e em quinto lugar 'TV por Assinatura'.

As cinco empresas mais demandadas no Estado foram a 'Vivo/Telefônica/GVT', com 6.647 registros, a 'Centrais Elétricas Matogrossenses/Cemat/Energisa', a 'Oi Fixo/Celular', a 'Claro/Embratel/Net' e a 'CAB Cuiabá S/A'.

A superintendente do Procon-MT, Gisela Simona Viana, destaca que houve um aumento de mais de 14 mil atendimentos nos Procons de Mato Grosso, visto que em 2014 foram 51.375 (cinquenta e um mil trezentos e setenta e cinco) registros.

Para Gisela Viana, no Boletim Sindec também chama a atenção a gravidade dos fatos que envolvem telefonia móvel, sendo necessário ajuizar ação coletiva em 2015, bem como a celebração de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) após a CPI da Telefonia realizada pela Assembleia Legislativa do Estado (AL/MT).

“No tema de energia elétrica, cabe registrar que a Energisa é a terceira concessionária mais reclamada no país e é a que menos resolve o problema dos consumidores, fato que exige mudança em 2016”, ressalta.

Confira abaixo a lista com os dez assuntos e empresas mais demandadas:

Assuntos mais demandados em 2015:

1) Telefonia Celular: 9.177 (14% dos registros)
2) Energia Elétrica: 6.263 (10% dos registros)
3) Telefonia Fixa: 4.635 (7% dos registros)
4) Água / Esgoto: 4.532 (7% dos registros)
5) TV por Assinatura: 3.983 (6% dos registros)
6) Financeira: 3.410 (5% dos registros)
7) Banco comercial: 3.008 (5% dos registros)
8) Aparelho Celular: 2.402 (4% dos registros
9) Cartão de Crédito: 2.108 (3% dos registros)
10) Escola (Pré, 1º, 2º Graus e Superior): 1.326 (2% dos registros)


Empresas mais demandadas em 2015

1º) VIVO/ TELEFONICA /GVT: 6.647 reclamações
2º) CENTRAIS ELETRICAS MATOGROSSENSES/CEMAT/ENERGISA: 6.229 reclamações
3º) OI FIXO/CELULAR: 5.538 reclamações
4º) CLARO/EMBRATEL/NET: 5.259 reclamações
5º) CAB CUIABA S/A - CONCESSIONARIA DE SERVICOS PUBLICOS DE AGUA E ESGOTO: 3.423 reclamações
6º) SKY: 2.026 reclamações
7º) BRADESCO: 1.991 reclamações
8º) CAIXA ECONÔMICA FEDERAL: 1.474 reclamações
9º) ITAÚ: 1.380 reclamações
10º) CASAS BAHIA/ PONTO FRIO/ CNOVA/ EXTRA/ PÃO DE AÇÚCAR: 1.362 reclamações


Sistema Nacional: Para consolidar as informações, foram considerados os atendimentos realizados por todos os Procons integrados ao Sindec no Estado, no período de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2015. Em Mato Grosso integram o Sindec o Procon Estadual e os Procons de 25 municípios, totalizando 26 unidades (Alta Floresta, Alto Taquari, Araputanga, Barra do Garças, Campinápolis, Campo Novo do Parecis, Colíder, Lucas do Rio Verde, Campo Verde, Chapada dos Guimarães, Cuiabá, Guarantã do Norte, Jauru, Juína, Nobres, Nova Mutum, Paranatinga, Pedra Preta, Primavera do Leste, Rondonópolis, São José do Rio Claro, São José dos Quatro Marcos, Sinop, Sorrido e Tangará da Serra).

Atendimento no Procon

O Procon-MT é um órgão vinculado à Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) e atende em sua sede estadual na Avenida Historiador Rubens de Mendonça (do CPA), nº 917, Edifício Eldorado Executive Center – Bairro Araés, de segunda a sexta-feira, das 08h às 18h. Para registro de reclamações, audiências, consulta de processos e protocolo de documentos, o consumidor pode procurar a sede do Procon-MT, de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 17h30.

No posto no Ganha Tempo, o atendimento ao público é de segunda a sexta-feira, das 07h30 às 18h30, e aos sábados, das 07h30 às 12h. No Posto na Assembleia Legislativa, o atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones 151 ou 3613-8500. 18h. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones 151 ou 3613-8500.
Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização