Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Spider exagera nas brincadeiras, perde para Bisping e fica na bronca

Spider exagera nas brincadeiras, perde para Bisping e fica na bronca

Foto: Reprodução
Mais uma vez, as provocações e brincadeiras de Anderson Silva foram personagens principais em uma luta do Spider. De volta ao octógono após mais de um ano afastado, Anderson voltou a se apresentar da forma como ficou consagrado, mas exagerou nas provocações e acabou derrotado por Michael Bisping em decisão unânime dos jurados, na luta principal do UFC Londres, neste sábado (27), na capital inglesa.
Irritado com o resultado, Anderson reclamou bastante da decisão e citou os recentes casos de corrupção na política brasileira para criticar a vitória de Bisping. “Brasil, a parada é a seguinte. Não tem como vencer de um jeito, eles tentam tirar o outro. Não tem o que falar, lutei por vocês. Missão cumprida. Mas de vez em quando, é que nem no Brasil, corrupção total!”, disparou o Spider.
Apesar de toda a confusão nas semanas que antecederam o duelo, Anderson prestou respeito a Bisping e ajoelhou-se diante do rival, para então agradecer o público presente. “Eu preciso dizer muito obrigado a tudo, a todos que vieram aqui assistir a essa luta. Então, eu estou muito feliz, porque eu voltei a Londres depois de muito tempo e pude rever meus amigos. Muito obrigado por me ajudarem”, falou.
Já Bisping, devolveu a gentileza e disse que se inspirou no brasileiro e realizou um sonho enfrentando-o no octógono. “Eu não sei. Tudo o que eu sei é que eu quis essa luta a minha vida inteira, por causa de vocês. Vocês me deram o poder. Eu sou só um cara de origem humilde, muito obrigado a meus pais. Eu nem sei, mas eu estou chorando. Eu respeito esse cara (o Anderson), ele é o maior lutador de MMA e é por isso que eu estou emocionado. Eu sei que eu disse algumas coisas, mas você me inspirou, Anderson. Desde que eu comecei a lutar, eu queria ser igual a você. Bom, agora eu preciso parar, abrir uma cerveja. Mas eu achei que minha cara ia estar melhor no fim da luta. Eu sei que eu sempre digo isso, mas quando eu cheguei a Manchester eu tinha um objetivo e ele foi cumprido”, concluiu.
Agora, Anderson Silva tem um cartel profissional de 33 vitórias, sete derrotas e uma luta sem resultado. O Spider não vence desde 2012, quando nocauteou Chael Sonnen na revanche entre eles e defendeu o cinturão dos médios pela décima e última vez.
A luta
No primeiro assalto, Anderson tentou medir a distância e mapear o jogo do inglês. Os únicos bons momentos do brasileiro no assalto foram dois chutes na linha de cintura do rival. No fim do assalto, em um momento de trocação franca, Bisping conseguiu abalar o brasileiro com um golpe de encontro.
No segundo round, um Anderson Silva que lembrou o “brincalhão” de outros tempos se apresentou. Com a guarda baixa e muita provocação, Anderson foi pouco efetivo e levou desvantagem. No fim da parcial, Bisping ainda conseguiu um knockdown e partiu pra cima do brasileiro no ground and pound.
No terceiro round, após pouca ação, Bisping acusou um chute alto e foi para a grade. Encantoado, o britânico fez sinal dizendo que perdeu seu protetor bucal, mas a luta não foi interrompida pelo árbitro Herb Dean. Se aproveitando da bobeada do adversário, Anderrson encaixou uma joelhada voadora limpa no rosto de Bisping, que foi à lona, mas acabou sendo salvo pelo gongo. Confuso, o Spider achou que a luta tivesse acabado e foi comemorar, sendo posteriormente avisado da sequência do combate e reposicionado em seu corner.
No quarto assalto, o brasileiro pareceu ainda desatento por causa da confusão no fim do round anterior e pouco fez no início. Ao invés de atacar um Bisping muito machucado, Anderson chamou o britânico pra cima e permaneceu a maior parte do tempo na grade. Só no fim da parcial, Silva foi pra cima e abalou o inglês com um direto e, posteriormente, com um superman punch.
No quinto e último assalto, Anderson veio um pouco mais agressivo e conectou duas chutes altos potentes, que aumentaram ainda mais o corte no inglês, que precisou ser atendido por um médico. Na volta, Anderson ainda acertou dois chutes frontais no rival, mas diminuiu o ritmo e, ao invés de avançar e buscar o nocaute, preferiu aguardar a decisão dos jurados.
Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização