Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Polícia diz que morte de enfermeiro em Cuiabá foi acidental

Polícia diz que morte de enfermeiro em Cuiabá foi acidental


Luciani Barros finalizou a apuração sobre caso nesta semana; documentação vai para outra delegacia

A delegada Luciani Barros, da DHPP concluiu investigação sobre o caso na semana passada


THAIZA ASSUNÇÃO – Mídia News

A delegada Luciani Barros, da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), informou nesta quinta-feira (25) que a morte do técnico em enfermagem Antônio Siqueira da Silva, de 64 anos, foi acidental.

O idoso morreu no último dia 3 de fevereiro, dois dias depois de discutir com um motorista da empresa União Transportes  na Avenida Fernando Corrêa, em
As filmagens são bem claras. O idoso caiu durante a discussão e bateu a cabeça. Ainda consciente, ele pediu socorro e foi encaminhado pelo Samu ao hospital. Lá, o quadro dele se agravou e ele faleceu
Cuiabá.

Conforme a delegada, em nenhum momento o motorista bateu com uma barra de ferro amarela na cabeça do técnico de enfermagem, ao contrário do que chegou a ser dito.

Luciani Barros conclui as investigações sobre o caso nessa semana, após ouvir três testemunhas e analisar imagens da câmera de segurança do ônibus.

A delegada explicou que, pelas imagens, é possível ver que a discussão entre os dois começou quando o idoso pediu que o motorista parasse em um local fora do ponto do ônibus.

O motorista, conforme Luciani Barros, não atendeu o pedido e parou no ponto mais próximo.


“Assim que o idoso desceu, ele pegou um guarda-chuva e começou a bater na porta da frente do ônibus. O motorista, por sua vez, pegou uma barra de ferro amarela e os dois ficaram ameaçando um ao outro.  Apesar da discussão, não houve violência física”, disse a delegada.

“A discussão durou menos de um minuto, conforme as imagens. O motorista ficou na escada do ônibus e o idoso na calçada. Assim que ele caiu, o motorista saiu com o ônibus, já que havia outros passageiros  querendo ir embora. Foi um acidente, uma tragédia”, completou.

O motorista foi demitido pela empresa União Transportes.

Conforme a delegada, agora o inquérito será encaminhado para 2º Delegacia de Polícia Civil da Capital (antiga delegacia do Carumbé).


“A minha conclusão foi de que não houve homicídio. E como a minha competência na DHPP é investigar isso, encaminharei o processo para 2º Delegacia. E lá, dependendo do delegado que for assumir o caso, ele pode ou não autuar o motorista por outro crime”, afirmou Luciani Barros.
Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização