Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Escolas de Barra do Bugres receberão R$ 2,3 milhões em reforma

Escolas de Barra do Bugres receberão R$ 2,3 milhões em reforma


Parte da verba será investida na restauração, desde paredes, forro, telhado, até esquadrias

Circuito Mato Grosso 

 

Duas unidades da rede pública de ensino localizadas em Barra do Bugres (a 150 Km de Cuiabá) receberão obras de infraestrutura que vão melhorar a ambiência escolar. As escolas estaduais Júlio Müller e José Mariano Bento apresentaram situações atípicas e necessitam de intervenções, as quais serão realizadas pela Secretaria de Estado de Educação Esporte e Lazer (Seduc). Ao todo serão investidos mais de R$ 2,3 milhões nas duas unidades.

Conforme o Extrato de Termo de Contrato nº 008/2016, para a Escola Júlio Muller foi contrata a empresa E-TAG Construção e Comércio, que executará o serviço ao valor de R$ 1.229.013,82. O superintendente de Acompanhamento e Monitoramento da Estrutura Escolar da Seduc, Moisés Dias, esclarece que o próximo passo é a expedição da ordem de serviço e posterior início da obra, ações que devem ocorrer nos próximos dias.

Moisés explica que a emergência para a intervenção na unidade escolar se deu porque parte do prédio sofreu um incêndio no dia 23 de dezembro de 2015. “A unidade necessita da reconstrução e recuperação do auditório e do bloco administrativo, atingidos pelo fogo”.

Parte da verba será investida na restauração, desde paredes, forro, telhado, até esquadrias. O restante será aplicado na melhoria das instalações elétricas e hidrossanitárias, sistema de proteção contra descarga atmosférica (SPDA), prevenção e combate contra incêndio e pânico, incluindo iluminação de emergência, sistema de alarme e construção de abrigo para gás de cozinha. O prazo para a conclusão da obra é julho desse ano.

No caso da Escola José Mariano Bento, o superintendente conta que a unidade atende a comunidade Quilombola de Baixio em todas as modalidades da Educação Básica. Mas o prédio fundado em 2010 começou a ser usado sem a completa conclusão da obra, situação que ocasionou um desgaste excessivo da edificação. Para resolver os problemas, a Seduc irá aplicar R$ 1.097.320,02. A ordem de serviço para início de obra foi expedida no dia 27 de janeiro. Dessa forma, a empresa Luma Construtora tem 30 dias para começar os trabalhos.

De acordo com a planilha de detalhamento, seis salas de aula, banheiros, cozinha e refeitório, instalações sanitárias, elétricas, drenagem de águas pluviais e sistema de proteção contra descargas atmosféricas (SPDA) vão passar por reforma. Além disso, serão construídos um muro no entorno da unidade e uma quadra de esportes. As intervenções que vão proporcionar aumento no número de atividades e melhor uso do espaço escolar têm o prazo de execução de seis meses.

Assessoria
Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização