Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Delegados regionais e titulares alinham ações policiais para 2016

Delegados regionais e titulares alinham ações policiais para 2016



Assessoria | PJC-MT

Os delegados regionais do interior e os delegados titulares de unidades da região metropolitana estiveram reunidos nesta quinta-feira (25.02), na sede da Diretoria Geral da Polícia Judiciária Civil, para tratar de assuntos administrativos, discutir e alinhar as atividades policiais dentro do planejamento das Diretorias do Interior e Metropolitana para o ano de 2016, em consonância com as estratégias da Secretaria de Estado de Segurança.

O delegado geral, Adriano Peralta Moraes, abriu o encontro com os regionais apresentando à evolução das ações no combate à criminalidade e pontuou os principais resultados da Segurança Pública na repressão qualificada aos crimes. O delegado destacou a elevação em 15 % nos inquéritos instaurados entre os anos de 2014 a 2015 (33.567 para 38.665); aumento de 29% nos inquéritos concluídos (26.874 para 34.543) e o crescimento de 12% no número de pessoas presas em Mato Grosso (22.655 para 25.268).

Outro ponto considerado de extrema importância foi à retirada de 2.805 armas de fogo de circulação, representado vidas preservadas. O aumento em 2015 foi de 19% comparado com 2014, que fechou com 2.355 armas apreendidas.

Peralta fez ressalva ao trabalho desenvolvido pelas Polícias Civil e Militar nos municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis e Sinop, que apresentou resultado positivo na queda do número de homicídios, destacando a cidade de Sinop que baixou 38% das ocorrências de homicídios e chegou a ficar cerca de 40 dias sem registrar nenhuma morte em 2016.

No combate aos crimes de roubos, as Delegacias de Roubos e Furtos de Cuiabá e Várzea Grande aumentaram em 22% os inquéritos instaurados, 18% os inquéritos concluídos e 96% nas prisões. A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva) teve aumento em 184% nas prisões de roubos/furtos de veículos.

O tráfico de drogas teve ações efetivas com aumento também das investigações, prisões e apreensões. Os inquéritos instaurados para desarticular quadrilhas que atuam no tráfico doméstico e também no narcotráfico tiveram aumento em 52% nos inquéritos instaurados, 22% nos concluídos, 36 % em prisões e o número recorde de 137 % de crescimento nas apreensões, totalizando 8.625 toneladas.

“Como podem ver pelos números, trabalhamos muito. Deixo aqui nosso agradecimento em nome da sociedade e do governo”, agradeceu Peralta o empenho de todos os policiais.

As mesmas ações foram apresentadas aos delegados da Diretoria Metropolitana, que tiveram reunião separada, no prédio da Diretoria Geral, conduzida pelo diretor

O diretor do interior, Wilson Leite, em continuidade aos trabalhos, apresentou os números da operação da Secretaria de Estado de Segurança Pública, Carga Máxima, no interior do Estado, que até o dia 22 de fevereiro alcançou 1.528 presos em todos os municípios de Mato Grosso, exceto Cuiabá e Várzea Grande.

Segundo o balanço, as ações das Polícias Civil e Militar no interior deram cumprimento em 565 ordens judiciais (busca e prisão), sendo lavrados nas delegacias 1.112 autos de prisão em flagrantes, 845 termos circunstanciados de ocorrências, cumpridos 297 mandados de prisão contra criminosos foragidos, totalizados até o momento dom 1.528 presos. “Essa é a prova que temos muita boa vontade, competência. Aprendi que investigação se faz com pouca gente e operação muita gente”, declarou Leite.

O diretor chamou a atenção para apreensão de R$ 154.956,54, em espécie, durante os quase dois meses da operação Carga Máxima. “É dinheiro ilícito apreendido, que precisa ser revertido para ações de segurança, retornando para as delegacias regionais do interior”, finalizou.

A reunião com os delegados do interior se estende durante toda esta quinta-feira. No período da tarde, eles tratarão de questões administrativas, infraestrutura da delegacias como reformas dentro da padronização visual da PJC e outras demandas de gestão com a diretora de Execuções Estratégicas Maria Alice Barros Martins Amorim.Em seguida, a diretora de Inteligência, Alana Cardoso, fala das atividades junto aos núcleos de inteligências das regionais.

No final do encontro será elaborada uma carta com pontuações e sugestões para melhoria das ações policiais do interior do estado.

Nesta sexta-feira (26.02) os delegados regionais participam do Encontro dos Coordenadores das Regiões Integradas de Segurança Pública (RISP), às 08h, no auditório da PJC, organizada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública.


Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização