Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Por causa da greve, UFMT volta às aulas ainda com calendário de 2015

Por causa da greve, UFMT volta às aulas ainda com calendário de 2015

Campus da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) em Cuiabá. (Foto: Reprodução/TVCA)


Os alunos da UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso), com exceção do campus de Sinop, voltam às aulas nesta segunda-feira (11) para dar início ao calendário do segundo semestre de 2015. O atraso se deve à maior greve da história da instituição, realizada no ano passado, com duração de 139 dias.

A greve foi encerrada em outubro, com as aulas sendo retomadas na segunda quinzena daquele mês, e seguindo até o dia 18 de dezembro. Depois, a universidade entrou em recesso que durou três semanas, informou a reitoria de Ensino e Graduação. O calendário da instituição só deve voltar à normalidade daqui a dois anos.

"Nós conseguimos recuperar alguns meses por ano. Então, possivelmente somente em 2018", disse Irene Melo, pró-reitora de Ensino e Graduação.

Somente o campus de Sinop, por já ter iniciado as atividades de 2015/2, deve ter o retorno das aulas no dia 1º de fevereiro. Nos campi de Cuiabá, Rondonópolis, Várzea Grande e Bara do Garças, o calendário do segundo semestre de 2015 deve terminar em maio. E, em junho, devem começar as atividades de 2016, incluindo a entrada dos novos alunos.

Fonte: Do G1 MT
Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização