Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Peritos do INSS de MT devem retornar ao trabalho ainda neste mês

Peritos do INSS de MT devem retornar ao trabalho ainda neste mês




Os médicos peritos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) decidiram nesta segunda-feira (18) que irão retornar ao trabalho. A decisão tomada em caráter nacional pela Associação Nacional dos Médicos Peritos (ANMP) será seguida pelos trabalhadores de Mato Grosso. A paralisação se encerra no próximo dia 25 e apenas atendimentos prioritários serão realizados.

A greve dos médicos peritos teve início no dia 4 de setembro do ano passado. Segundo a ANMP, cerca de 2 milhões de perícias deixaram de ser feitas neste período. A paralisação é a maior da história da categoria e deve passar de 140 dias até a próxima segunda-feira, data em que eles devem voltar a trabalhar.

Segundo o representante de Mato Grosso da ANMP, Birston Cristiano da Silva, os médicos farão somente os atendimentos agendados e considerados prioritários

“A ideia é tentar é tentar ajudar os prejudicados com a greve. Então, faremos o atendimento de exames iniciais e de altas a pedido, quando o cidadão entende que não precisa mais do benefício. É importante lembrar que vamos seguir os agendamentos, ou seja, no dia 25 atenderemos quem está agendado para essa data”, afirmou.

Todo o efetivo de médicos peritos retornará ao trabalho, priorizando os atendimentos essenciais. O atendimento de exames iniciais, por exemplo, beneficiará quem ainda não recebe o benefício e precisa comprovar a condição.

O movimento não conseguiu grandes avanços e que greves futuras não estão descartadas, conforme o representante da categoria no estado. “O governo fechou os olhos para o problema e não negociou conosco. Voltaremos ao trabalho mesmo sem a existência de nenhum acordo. Mesmo assim não desistimos e continuaremos tentando um diálogo para que as nossas exigências sejam atendidas", declarou.

Fonte: Do G1 MT - Foto: Reprodução

Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização