Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Forças de segurança iniciam nova ação para desocupação de garimpo

Forças de segurança iniciam nova ação para desocupação de garimpo




O Governo do Estado e a União já iniciaram os trabalhos de desocupação e isolamento do garimpo ilegal na Serra da Borda, instalado próximo ao município de Pontes e Lacerda (distante 448 km de Cuiabá). Nos últimos dias, a Polícia Militar, que está coordenando a ação, realizou diversas ações preventivas na região com barreiras fixas e volantes, operações voltadas para a apreensão de drogas, produtos ilícitos e outros, com o objetivo de potencializar o policiamento ostensivo e garantir a paz social dos cidadãos.

Tais ações serão intensificadas até o dia 19 de janeiro, quando irá ocorrer a desocupação total do garimpo.

O plano de ação entre o Estado e a União foi traçado logo após a Secretaria de Segurança Pública receber a intimação, no dia 28 de dezembro de 2015. Pelo plano ficou estabelecido que as forças de Segurança Pública do Estado irão realizar a desocupação do garimpo.

À União coube fazer a preservação do local, por meio das tropas federais, impedindo que haja nova ocupação, até que o Departamento Nacional de Produção Mineral possa emitir as autorizações de exploração de pesquisa mineral às empresas interessadas.

De acordo com o secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp, coronel PM Joelson Sampaio, a desocupação está obedecendo um cronograma de escalonamento de força. A partir desta terça-feira (12.01), a Polícia Militar irá reforçar o efetivo no local com apoio da Força Tática. No próximo sábado (16.01) deverá ocorrer o bloqueio total do garimpo. “Após o bloqueio, ninguém mais entra no garimpo. E no dia 19 de janeiro deverá ocorrer a desocupação total do local”, explicou Sampaio.

Ordem judicial

No dia 10 de novembro de 2015 foi realizada a primeira desocupação da área através do uso das forças policiais Federal e Estadual, com o cumprimento de mandados de prisão expedidos nos inquéritos, envolvendo práticas delitivas no garimpo. Depois da retirada dos garimpeiros as forças policiais foram mantidas na região durante 18 dias, com a desocupação plena da área.

Com a desmobilização da tropa em razão da necessidade de atendimento de outras demandas prioritárias de segurança pública em todo Estado, houve o retorno dos garimpeiros para a área e, mais uma vez, atendendo prontamente o compromisso com a sociedade de Mato Grosso, as forças estaduais de segurança estarão presentes no local para fazer a nova desocupação.

O Governo do Estado, através da Secretaria de Segurança Pública, articulou com as demais pastas com atuação afim no garimpo, como a Secretaria de Trabalho e Assistência Social (Setas) e Secretaria de Meio Ambiente (Sema) para que cumpram fielmente todas as determinações do governador Pedro Taques em relação ao retorno da paz e a tranquilidade na área.

Fonte: Lidiana Cuiabano - Sesp-MT 

Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização