Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Cinco são detidos com pepitas de ouro em região de garimpo ilegal

Cinco são detidos com pepitas de ouro em região de garimpo ilegal

Cinco são detidos com pepitas de ouro em região de garimpo ilegal (Foto: Polícia Militar/Mato Grosso)


Cinco pessoas foram detidas com 14 gramas de ouro e maquinários nesta quarta-feira (13) na região do garimpo ilegal da Serra da Borda, em Pontes e Lacerda, a 487 km de Cuiabá. O garimpo está ocupado por aproximadamente duas mil pessoas e é alvo de uma desocupação por forças policiais.

Segundo informações da Força Tática da Polícia Militar, o grupo foi detido em uma estrada de acesso ao garimpo. São quatro adultos e uma adolescente. O grupo deve ser encaminhado para a Polícia Federal de Cáceres, a 220 km de Cuiabá.

Com eles a polícia encontrou um gerador de energia, uma motosserra, uma balança e dois veículos. A ação faz parte da desocupação do garimpo, anunciada pela Secretaria estadual de Segurança Pública (Sesp) na última terça-feira (12).


Maquinário apreendido no garimpo ilegal em Pontes e Lacerda (Foto: Polícia Militar/Mato Grosso)


Ainda conforme a Sesp, atendendo à decisão judicial, o estado divulgou que, junto à União, pretende desocupar totalmente a área até a próxima terça-feira (19). No próximo sábado (16) deverá ser feito o bloqueio total do garimpo, impedindo qualquer entrada de novos exploradores. Já os garimpeiros que persistirem no local serão retirados à força até terça-feira.

Imagem aérea do garimpo em Pontes e Lacerda (Foto: Reprodução/TVCA)


Depois disso, tropas federais deverão assegurar o isolamento e a preservação da área. O isolamento deverá durar até que o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) emite autorizações de exploração mineral e pesquisa no local.

O garimpo

O garimpo vinha sendo explorado desde setembro de 2015 e chegou a reunir oito mil pessoas, entre garimpeiros profissionais e ocasionais. Em outubro, o Ministério Público Federal (MPF) ajuizou uma ação contra as três mineradoras que protocolaram pedido de lavra junto ao DNMP para atuar na região e contra os três proprietários do imóvel onde o garimpo está localizado.


Fonte: Denise Soares Do G1 MT

Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização