Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Piloto da F-1 pode vir às Olimpíadas do Rio-2016. Só depende da namorada

Piloto da F-1 pode vir às Olimpíadas do Rio-2016. Só depende da namorada

Bottas e Pikkanainen estão juntos desde 2010


Pelo menos um piloto do grid atual da Fórmula 1 está planejando vir ao Brasil durante as Olimpíadas do Rio de Janeiro. Mas não é para disputar qualquer modalidade e, sim, para torcer pela namorada. Valtteri Bottas está animado para viajar à capital carioca pela primeira vez - mas antes, Emilia Pikkarainen precisa baixar sua marca para se garantir nos Jogos.

Em sua terra natal, na Finlândia, Emilia é uma das nadadoras de maior expressão, tendo os recordes nacionais de 50m, 100m e 200m nado borboleta e nos 200m do medley individual.

Ainda assim, Bottas revelou que a participação da noiva - com a qual mora em Mônaco e deve se casar antes do início da próxima temporada da Fórmula 1 - ainda não foi confirmada pela federação local.

"Ir para o Rio é o plano. A competição seria em agosto [tradicional mês de férias da F-1], então tomara que ela consiga a vaga - ainda não está confirmado, mas acho que vai acontecer. Seria bem legal ir para lá. Só estive em São Paulo no Brasil, então seria uma boa oportunidade de conhecer o Rio", disse o finlandês ao UOL Esporte.

Emilia atualmente tem 69s54 nos 100m borboleta e precisa chegar a 58s74 para se classificar. O plano da nadadora é obter a marca logo no início do ano que vem para focar no campeonato europeu de natação sem se preocupar com a vaga olímpica.

Especialista no nado borboleta em piscina curta, categoria em que chegou a ter o quinto melhor tempo do ano até uma inflamação no dente a tirar de competições importantes em novembro, Pikkarainen vai em busca de sua terceira participação em Olimpíadas. A nadadora estreou aos 15 anos, em Pequim, nos 100m borboleta e, quatro anos depois, em Londres, competiu nos 100 e 200m borboleta e no nado medley individual, não conseguindo chegar às finais em nenhuma das provas.

Fonte: Julianne Cerasoli Do UOL, em São Paulo - Foto: Srdjan Suki/Efe

Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização