Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Frigorífico é multado em R$ 1 milhão em Barra do Bugres

Frigorífico é multado em R$ 1 milhão em Barra do Bugres



A equipe de fiscalização da Secretaria de Estado de Meio Ambiental (Sema) embargou e multou em R$ 1 milhão um frigorifico que funcionava ilegalmente no município de Barra do Bugres (a 164 km de Cuiabá). O empreendimento foi autuado por não possuir licença ambiental e por ampliar sua estrutura física em Área de Preservação Permanente (APP). O crime foi descoberto durante uma ação de fiscalização em empreendimentos realizada entre os dias 7 e 10 de dezembro.

De acordo com o superintendente de Fiscalização da Sema, Fagner Augusto do Nascimento, o frigorífico possui a licença de instalação, mas não a licença de operação. Durante a vistoria os fiscais ainda identificaram diversas irregularidades: os efluentes de abate de animais (resíduos sólidos e líquidos) eram armazenados de forma irregular; os rejeitos de rúmen (vísceras de animais) eram depositados in natura, a céu aberto; e a captação de água subterrânea e superficial não possuía outorga de captação nem outorga de lançamento.

Nascimento explica que as lagoas de tratamento de efluentes estão incapazes de realizar o devido tratamento dos resíduos, pois há uma sobrecarga de efluentes gerados pelo número superior de abates em contraponto à capacidade instalada do empreendimento. Ele alerta que essa situação pode causar aumento de incidência de vetores, ocasionando doenças, poluição e contaminação de lençol freático e corpos hídricos superficiais.

Etapas do licenciamento

Para um empreendimento entrar em fase de operação é necessário cumprir alguns passos. Primeiro o proprietário entra com pedido de licença ambiental na Sema. Depois seu processo passa por três etapas, sendo a primeira a Licença Prévia (LP), momento de solicitar o planejamento da implantação do empreendimento. O próximo passo é a Licença de Instalação (LI), que é autorização - ou não - do início da obra ou instalação. E por último tem a Licença de Operação (LO), que autoriza o funcionamento do empreendimento/obra.

Fonte: Fernanda Nazário - Sema-MT 

Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização