Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Dívida pública volta a subir em novembro e chega a R$ 2,71 trilhões

Dívida pública volta a subir em novembro e chega a R$ 2,71 trilhões




Depois de uma queda em outubro, a dívida pública federal voltou a aumentar em novembro, em 2,66%, para R$ 2,71 trilhões, informou nesta terça-feira (22) a Secretaria do Tesouro Nacional. Esse valor é a soma dos endividamentos interno e externo do governo. Em outubro, ele estava em R$ 2,64 trilhões.

A dívida interna aumentou 2,84% no mês passado, passando de R$ 2,50 trilhões para R$ 2,57 trilhões. Já a dívida externa registrou queda de 0,54% e fechou novembro em R$ 141,6 bilhões.

De acordo com o Tesouro, a variação negativa da dívida externa se deveu “principalmente à valorização do real frente às moedas que compõem o estoque da dívida externa.”

A dívida no exterior é cotada em moeda estrangeira, principalmente o dólar. Portanto, quando estas moedas caem frente ao real, também recua o valor da dívida externa.

Programação para 2015

No início deste ano, a Secretaria do Tesouro Nacional informou que, após terminar 2014 em R$ 2,29 trilhões, a dívida pública pode chegar ao patamar máximo de R$ 2,6 trilhões no fechamento de 2015. As informações foram divulgadas por meio do Plano Anual de Financiamento (PAF). Em agosto, porém, revisou esse teto para R$ 2,8 trilhões. Ou seja, informou que a dívida subirá mais em 2015.

Fonte: Fábio Amato Do G1, em Brasília - Foto: Ilustrativa

Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização