Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Transferido para quartel, ex-policial foge para a Bolívia

Transferido para quartel, ex-policial foge para a Bolívia

Fronteira entre Mato Grosso e Bolívia: ex-policial pode ter atravessado durante a noite



O ex-policial militar Tiago Alves Silva, de 34 anos, condenado por tráfico de entorpecentes, fugiu das dependências do 3º Batalhão da PM da Capital. A fuga teria ocorrido nesta quinta-feira (12) à tarde, mas só percebida no início da manhã de sexta (13), quando dois cabos de plantão desconfiaram da fuga e, na busca ao alojamento, não o localizaram.

Um dos policiais ligou para a mãe do ex-PM e foi informado por ela de que ele tinha fugido para a Bolívia. Inclusive havia ligado do outro país, confirmando que já tinha chegado.

Diante da constatação da fuga, o caso foi comunicado à Corregedoria Geral da Polícia Militar. Policiais do Batalhão esclareceram que o ex-PM foi condenado a nove anos de prisão por tráfico de entorpecentes em Lucas do Rio Verde (350 km ao Norte da Capital).

O ex-militar cumpria pena no Cadeião de Santo Antônio de Leverger, onde funciona um presídio militar. Ele entrou com mandado de segurança para cumprir pena num quartel da PM e teve o pedido atendido.

Tiago Alves havia chegado há alguns dias para o cumprimento da pena no alojamento dos PMs. Os policiais, por sua vez, disseram que o batalhão não tem estrutura para presos, pois não há celas ou qualquer tipo de dependência que sirva para tal finalidade.

Fonte: ADILSON ROSA MídiaNews - Foto: Mayke Toscano/Gcom
Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização