Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Sem conciliação, servidores do Detran mantêm greve em Mato Grosso

Sem conciliação, servidores do Detran mantêm greve em Mato Grosso

Servidores devem se reunir em assembleia nesta quinta (Foto: Daiane Renner/Sinetran-MT)


Os servidores do Departamento estadual de Trânsito (Detran) em Mato Grosso deverão permanecer em greve pelo menos até esta quinta-feira (12). O panorama se deve à falta de acordo na audiência de conciliação da qual participaram nesta quarta-feira representantes do Sindicato dos servidores do Detran (Sinetran) e do governo estadual. Sem acordo, agora a categoria dos servidores deverá se reunir em assembleia geral marcada para esta quinta-feira a fim de avaliar os rumos da greve, iniciada no último dia 26.

Além da assembleia dos servidores, está programada também mais uma audiência para tentativa de conciliação judicial entre grevistas e estado na próxima terça-feira (17).

A principal reivindicação dos servidores do Detran é a nomeação dos candidatos aprovados no último concurso público do órgão. O Sinetran cobra a nomeação de 70% dos candidatos este ano e a nomeação do restante até junho de 2016. Já o governo do estado propõe convocar 30 aprovados este ano e deixar os demais 459 para serem nomeados até 2017.

A Justiça já decretou a ilegalidade da greve dos servidores e determinou que eles retornem aos postos de trabalho, estipulando multa diária de R$ 100 mil por descumprimento.

Diante da ilegalidade decretada, o governo do estado já declarou que só negocia com a categoria caso a paralisação seja encerrada e, como consequência desta posição, não apresentou qualquer outra proposta em relação à reivindicação dos servidores.

Por sua vez, os servidores, diante da falta de avanço nas negociações, vem mantendo a greve. Já a Justiça, diante do descumprimento da ordem de retomada do trabalho, dobrou a multa diária ao sindicato dos servidores na última segunda-feira (9).

Fonte: Do G1 MT
Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização