Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Mauro Zaque não comparece em segunda reunião na AL

Mauro Zaque não comparece em segunda reunião na AL

Exibindo 9b52d98b138526cb9888ef7a0ea15517.JPG
Secretário não compareceu a audiência solicitada para discutir melhorias na segurança pública de MT



O deputado estadual Zé Carlos do Pátio (SD) criticou durante a Comissão de Segurança Pública e Comunitária da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL), a falta de compromisso do Secretário de Segurança de Mato Grosso, Mauro Zaque com a Casa de Leis, já que pela segunda vez o chefe da pasta não comparece a audiência solicitada pelo parlamentar para discutir melhorias no Estado.

“Se fosse a primeira vez eu entenderia, mas isso está ficando recorrente. A segurança pública é um assunto grave para ser abordado, e já esta se tornando uma questão institucional. Nós concedemos um aumento de 44% para melhorias no setor e é assim que somos tratados. Podem até achar que eu sou ruim, mas eu não o perdoou”, afirmou o parlamentar.

Além dos índices de violência e efetivo que foram levantados pela assessoria do deputado, os crimes que não são esclarecidos como o caso do menino Flávio Henrique da Silva de dois anos que desapareceu em Peixoto de Azevedo, a 692 km de Cuiabá era uma das principais pautas a serem abordadas com o secretário.

De acordo com deputado é visível o descaso do poder público com a cidadania, “Vejam o exemplo da história dessa criança de dois anos, os pais me procuraram por estarem angustiados, essa falta de compromisso nos deixa indignados. Não veio o secretário e nem o chefe da polícia Civil e o problema do cidadão ninguém vê”, salientou Pátio.

A mãe do menino Silvana Aparecida da Silva, explicou que seu filho, conhecido como Flavinho desapareceu na fazenda de seus pais onde os principais suspeitos seriam vizinhos da região. “Lá não tem para onde ir, é pasto aberto, não tem animais que possam ter devorado ele, e o Flavinho não teria andado tanto. Com toda certeza alguém o levou e a polícia não tem respostas sobre nada”, disse emocionada.

Zé do Pátio explicou que a participação do secretário era necessária para que ele presenciasse o depoimento dos pais e enxergasse as falhas nas investigações que afetam cerca de 40 mil famílias por ano. “Eu vou pagar o hotel dos pais, quero desvendar esse assunto e saber por que a polícia não está investigando”.

O Secretário Mauro Zaque apresentou uma justificativa de que não poderia comparecer a audiência já que teve de ser submetido a exames de urgência, já o Delegado Geral da Polícia Judiciária Civil, Adriano Peralta, afirmou em ofício que não compareceria porque havia chego de uma viagem no mesmo dia. Uma nova reunião foi marcada para o dia 2 de novembro.

Fonte: JANAIARA SOARES - Assessoria - Foto: Ronaldo Mazza/ALMT
Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização