Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Maluf solicita informações sobre cartas de crédito do MPE

Maluf solicita informações sobre cartas de crédito do MPE

Maluf apresentou dois requerimentos relacionados à emissão de cartas de crédito do MP



O presidente da Assembleia Legislativa, Guilherme Maluf (PSDB), apresentou requerimento na sessão matutina desta quarta-feira (11), em que solicita ao Ministério Público Estadual (MPE), todos os documentos relacionados à emissão de cartas de crédito do órgão.

Outro requerimento apresentado por Maluf e encaminhado ao presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), conselheiro Waldir Teis, busca informações se os técnicos da corte de contas promoveram análise em relação à expedição de cartas de crédito do MPE, e se sim, solicita cópia.

A Assembleia Legislativa já começou a analisar os documentos entregues pelo ex-secretário de Estado, Eder Moraes, durante a reunião do Colégio de Líderes de terça-feira (10), referente às cartas de crédito do MPE. O assunto foi inicialmente abordado por ele na reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Obras da Copa.

“Nós temos que ter o entendimento de que os documentos entregues precisam ser analisados. Há uma vontade desta Casa de Leis de investigar qualquer denúncia que chegue, seja de qualquer instituição. Não estamos aqui deflagrando uma guerra com nenhum poder e nenhuma instituição, esta é uma prerrogativa da Assembleia Legislativa, de fazer Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), elaborar requerimentos”, afirmou Maluf da tribuna da Casa de Leis.

Maluf disse que já existe o requerimento para a abertura da CPI, e que necessita de 16 assinaturas de deputados, em função da Assembleia Legislativa já ter três investigações em andamento.

“Essa Casa de Leis vai deliberar e vai ser respeitado se a maioria decidir pela instalação de uma nova CPI, como está previsto no regimento interno, mas sem nenhum tipo de pressão ou indução”.

Fonte: Assessoria
Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização