Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Donos de fazenda leiloada por R$ 6,7 milhões são condenados por tráfico

Donos de fazenda leiloada por R$ 6,7 milhões são condenados por tráfico

Fazenda foi leiloada por R$ 6,7 milhões (Foto: Divulgação/TJMT)



Dois fazendeiros e um funcionário foram condenados por tráfico de drogas na cidade de Cáceres, a 220 km de Cuiabá. Os acusados são donos da fazenda Asa Branca, localizada no Distrito de Caramujo, que foi leiloada no dia 20 de outubro pelo valor de R$ 6,7 milhões, dinheiro revertido para a Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp-MT). A propriedade tem pouco mais de mil hectares, sendo 805 de pastagem formada. A decisão é do juiz Jorge Alexandre Martins Ferreira, da 3ª Vara Criminal de Cáceres, ocorrida no dia 29 de outubro.

De acordo com o Tribunal de Justiça de Mato Grosso, um fazendeiro foi condenado a cumprir 36 anos de prisão por tráfico de drogas, posse ilegal de arma e lavagem de dinheiro.

A mulher dele foi condenada a 19 anos e o funcionário recebeu a condenação de 12 anos de prisão. Os dois homens não tiveram direito de recorrer em liberdade.

O patrimônio do casal é avaliado em aproximadamente R$ 12 milhões, incluindo uma fazenda e 2 mil cabeças de gado, entre outros bens e veículos.

Apreensões de droga encontradas com os acusados serão incineradas, as armas de fogo e munições serão remetidas ao Exército Brasileiro e os bens imóveis acautelados terão a utilização definida pelo Estado.

Conforme o Ministério Público Estadual (MPE), o casal e o funcionário se associaram para o tráfico de drogas, que fomentava entorpecentes entre Cáceres e outros estados, principalmente o Maranhão. Em uma operação, ocorrida em dezembro de 2014, policiais encontraram 154 kg de pasta base de cocaína enterrados no solo da propriedade, que funcionava como depósito de drogas.

Fonte: Do G1 MT
Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização