Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Vacinação contra febre aftosa começa neste domingo

Vacinação contra febre aftosa começa neste domingo


A venda da vacina será liberada em todas as revendas a partir desta quinta-feira

Nesta etapa é obrigatória a vacinação de todo o rebanho bovino e bubalino
Mídia News
A segunda etapa de vacinação contra febre aftosa começa no domingo (01) e segue até o dia 30 de novembro. A campanha será lançada nesta quinta-feira (29), às 10h, na Fazenda Barranco Alto, no município de Gaúcha do Norte (a 565 km de Cuiabá), com a presença do presidente do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea), Guilherme Linares Nolasco.

A venda da vacina contra febre aftosa será liberada em todas as revendas do estado a partir desta quinta-feira (29) em virtude do feriado do Dia do Servidor Público (28), transferido para esta sexta-feira (30).

Nesta etapa é obrigatória a vacinação de todo o rebanho bovino e bubalino, de mamando a caducando. Estima-se que 28,5 milhões de animais sejam vacinados. A comunicação da imunização do rebanho pode ser feita até 10 de dezembro nos escritórios locais do Indea. A única exceção é para as propriedades localizadas no baixo pantanal, que tem até 15 de dezembro para fazer a comunicação.

Vinte e duas equipes do Indea irão acompanhar a vacinação em aproximadamente 800 propriedades localizadas em Cáceres, Pontes e Lacerda, Porto Espiridião e Vila Bela da Santíssima Trindade, municípios na região de fronteira com a Bolívia. Nesses municípios ainda será realizado o trabalho de educação sanitária em escolas rurais, com palestras que abordarão assuntos referente à sanidade animal e vegetal. Cerca de 550 pessoas devem ser atendidas no projeto desenvolvido pelo Instituto.

A multa para quem deixar de vacinar o rebanho dentro do período da campanha é de 2,25 em UPF (Unidade Padrão de Fiscal) por cabeça de gado não vacinado. O produtor que atrasar a comunicação fica impossibilitado de emitir Guia de Trânsito Animal (GTA) por um período mínimo de 30 dias.

Brucelose


O produtor pode aproveitar o manejo do rebanho para vacinar as fêmeas com idade de 03 a 08 meses contra brucelose. A segunda etapa da campanha teve início em 1º de junho e vai até 31 de dezembro. A vacinação precisa ser feita uma única vez. É proibida a vacinação em machos de qualquer idade e de fêmeas com idade superior a 08 meses. As bezerras deverão receber a marca com a letra V, acompanhada do algarismo final do ano da vacinação, por exemplo: V5. A vacinação deve ser feita por médico veterinário ou vacinador sob sua supervisão.
Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização