Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Temporal causa prejuízos em 14 cidades do Paraná

Temporal causa prejuízos em 14 cidades do Paraná

Amanhecer de quinta-feira (22) em Tijucas do Sul, Região de Curitiba (Foto: Wesley de Paula)


As fortes chuvas que atingem o Paraná devem continuar nesta quinta-feira (22), de acordo com o Instituto Meteorológico Simepar. Ao todo, 14 municípios do estado foram atingidos pelo temporal, que prejudicou 1.349 pessoas e danificou 271 residências, conforme boletim da Defesa Civil estadual, atualizado às 8h. Os números são referentes ao temporal de terça (20) e quarta-feira (21).

Em Chopinzinho, na região sudoeste do Paraná, o balanço parcial do Corpo de Bombeiros indica que o temporal de cerca de cinco minutos, pelo segundo dia consecutivo, danificou 300 casas nos bairros AABB, Nossa Senhora Aparecida, São Cristóvão e Cohapar 9. Foi preciso pedir reforço aos socorristas de Coronel Vivida. Na terça-feira, outras 70 residências já haviam sido danificadas.

Já em Saudade do Iguaçu, na mesma região, as pedras de gelo causaram prejuízos a cerca de 70 famílias da área rural, além das 30 de terça-feira. Também houve casas e barracões destruídos em Pérola d'Oeste. Até as 9h, o levantamento dos danos mais recentes ainda não havia sido finalizado e moradores continuavam sendo auxiliados pelos bombeiros.


Na quarta-feira, o Governo do Paraná decretou situação de emergência para o município de Antônio Olinto, no sul do Paraná. Os vendavais e chuvas de granizo que atingiram a região central e áreas rurais da cidade no dia 13 de outubro, danificou três postos de saúde, quatro escolas, 142 casas e destruiu uma residência. Com o decreto, o estado pode encaminhar apoio complementar ao município.


Na tarde de quarta-feira, o temporal alagou dois Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) na capital paranaense; um deles no Santo Inácio e o outro, no São Braz. A Defesa Civil esteve no local para verificar a situação e retirar as crianças das creches. Na CIC, uma árvore caiu em uma escola municipal e, no Orleans, um colégio corre o risco de desabar. Segundo o órgão, não houve registro de feridos nestes locais.

Motoqueiro passa por rua alagada em Curitiba (Foto: Franklin de Freitas/Estadão Contéudo)


A Prefeitura de Curitiba informou que, para reduzir os danos da população que mora no entorno dos rios, foi feito, na segunda-feira (19), um manejo nos reservatórios dos parques São Lourenço e Barigui. A ação diminui o volume de água dos rios.

A região norte da capital foi a mais atingida pela chuva de quarta-feira. Em Santa Felicidade, o pluviômetro da prefeitura registrou 60,8 milímetros em uma hora – das 13h30 às 14h30. De acordo com a administração municipal, esse índice é quase a metade do esperado para o mês inteiro de outubro, que é de 140 milímetros em toda a cidade.

Por causa das fortes chuvas, o lago do Parque Barigui transbordou. Segundo a prefeitura, uma das principais funções do parque é justamente conter cheias ao redor dele.

Previsão

De acordo com o Simepar, as áreas de instabilidade atuam principalmente no sudoeste e sul do Paraná, próximo à divisa com Santa Catarina. A frente fria, que segue presente sobre o Oceano Atlântico, na altura do litoral sul do país, mantém elevada a instabilidade atmosférica no Paraná. Pode chover a qualquer hora do dia, segundo o instituto.

A chuva forte, com presença de granizo e vendaval, ganha mais força no oeste, sudoeste, centro-sul, Campos Gerais, Região Metropolitana de Curitiba (RMC) e no litoral paranaense. Já no norte do estado, as chuvas são irregulares, porém podem se tornar mais fortes ao longo do dia. O instituto não descarta novos temporais nesta região.

Confira as cidades mais atingidas:

Barracão

Campina Grande do Sul

Chopinzinho

Colombo

Curitiba

Enéas Marques

Ivaí

Mallet

Pato Branco

Pérola do Oeste

Prudentópolis

Santa Helena

Santo Antônio do Sudoeste

Saudade do Iguaçu

Fonte: Daiane Baú Do G1 PR

Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização