Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Noite de homenagem a artistas e cultura do Estado marcam inauguração da Galeria de Artes Lava Pés

Noite de homenagem a artistas e cultura do Estado marcam inauguração da Galeria de Artes Lava Pés


Da Redação - Naiara Leonor - Olhar Direto 
Foto: Naiara Leonor/ Olhar Conceito
Noite de homenagem a artistas e cultura do Estado marcam inauguração da Galeria de Artes Lava Pés
O salão térreo da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) está inundado de arte e permanecerá assim por muito tempo. A inauguração da nova galeria de arte “Lava Pés”, nesta quarta-feira (28) é um marco da valorização da cultura pelo poder público, que abre espaço de uma de suas sedes para uso de artistas e comunidade.

A primeira exposição do novo espaço cultural homenageia os 80 anos de uma das maiores artistas plásticas do Estado: Dalva de Barros. Ela que foi responsável pela formação da 2ª geração de artistas mato-grossenses, que como disse um de seus discípulos, Gervani de Paula, é uma das maiores artistas do Brasil.

O Ateliê Livre de Dalva foi um local de direcionamento e desenvolvimento artístico. “Dalva teve uma responsabilidade muito grande, foi mentora dessa que chamamos de 2ª geração das artes plásticas em Mato Grosso”, comenta Gervani referindo-se a si e aos amigos Adir Sodré, Benedito Nunes, Dirce Nestor, Márcio Aurélio e Regina Pena. “Procurei reunir nesta exposição às obras que produzimos junto com ela, então aqui estão trabalhos da década de 60, além de itens pessoas de Dalva, que compõem o espaço que tentamos representar seu ateliê”, finaliza Gervani, que é o curador da exposição.


(Foto: Naiara Leonor/ Olhar Conceito)
De um jeito simples e uma suavidade que se enxerga no caminhar, Dalva entrou na galeria acompanhada da primeira-dama do Estado e do Governador. Em uma declaração emocionada e breve, ela fez seu pronunciamento. “Agradeço aos amigos pintores com quem divido essa alegria hoje”.


(Foto: Naiara Leonor/ Olhar Conceito)
A crítica de arte Aline Figueiredo, contou ao público como descobriu o talento de Dalva. “Em 1966 tive a ideia de fazer uma exposição de artistas daqui porque nem eles se conheciam. Um dia passei em frente a uma vitrine e vi duas telas, entrei e perguntei de quem eram, então conheci Dalva de Barros. Dalva tem um realismo ingênuo formidável, de uma verdade muito grande. Ela era a mais indicada para comandar os jovens artistas da época que são esses grandes talentos de hoje.

Suas obras são momentos capturados por mãos ágeis e mente perspicaz de quem sente na ponta dos dedos o momento político, social, cultural do ambiente em que vive. Sensibilidade que transmitiu para seus pupilos, que hoje são também seu legado.

Pedro Taques destacou a trajetória da artista que já morou no interior do Estado, onde tem obras significativas, Mas destacou sobretudo a importância da cultura no Estado e o destaque dela em seu governo. “Temos que fazer estradas, hospitais, mas não podemos esquecer da cultura do Estado”, finalizou o governador.


(Foto: Naiara Leonor/ Olhar Conceito)
Já o Secretário da Secel, Leandro Carvalho, destacou as qualidades da artista. “Dalva tem o dom da generosidade, ela compartilhou esse sentimento com uma geração de artistas”. O secretário também parabenizou e agradeceu os servidores que contribuíram na realização do projeto da galeria. “Fizemos nesse espaço quase um milagre em um mês. Reformamos este espaço em tempo recorde graças aos nossos servidores e demais colaboradores que trabalharam muitas madrugadas. Hoje no dia deles devemos parabenizá-los”.


(Foto: Naiara Leonor/ Olhar Conceito)
Sobre a estrutura da galeria, Leandro conta ao Olhar Conceito que o projeto não esta finalizado. “A ideia aqui é fazer uma cafeteria para tornar o espaço um local de encontro e bate-papo. Por agora dependemos do horário de trabalho dos servidores para o funcionamento, mas futuramente a galeria será aberta também à noite e aos fins de semana, aproveitando o fluxo do shopping e dos bares aqui em volta”, finaliza o secretário.

O dia do aniversário de Dalva, 27 de outubro, tornou-se a partir de 2004 uma data de comemoração e reconhecimento dos artistas plásticos mato-grossenses, com a instituição do “Dia Estadual do Artista Plástico”, pela lei 8.204.

A “Galeria de Arte Lava Pés”, localizada no térreo da Secretaria de estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), está aberta ao público em horário comercial, com entrada gratuita. A exposição em homenagem a Dalva de barros ficará no espaço até o dia 26 de fevereiro de 2016. Nela estão obras da artista e de seus discípulos Gervani de Paula, Adir Sodré, Benedito Nunes, Dirce Nestor, Márcio Aurélio e Regina Pena. A exposição inclui ainda um vídeo-documentário produzido para a ocasião, além de fotos, catálogos, croquis, objetos pessoais e de arquivo da artista. Todos são muito bem-vindos.

Serviço
Galeria de Arte Lava Pés
Avenida José Monteiro de Figueiredo (Lava Pés), 510, bairro Duque de Caxias, dentro da Secretaria Estadual de Cultura.
Horário de funcionamento será de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas, com entrada gratuita.
Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização