Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Derrfva prende líder da maior quadrilha de roubo de cargas do Estado

Derrfva prende líder da maior quadrilha de roubo de cargas do Estado




O líder e mais um integrante da maior quadrilha especializada em roubos de carga no Estado de Mato Grosso foram presos pela Polícia Judiciária Civil, na quinta-feira e sexta-feira (22 e 23.10), em ações da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), e apoio das Delegacias de Polícia dos municípios de Lucas do Rio Verde (354 km ao Norte) e Nobres (146 km a Médio Norte).

O líder da quadrilha, Antonio José da Costa, o “Cabecinha” e o comparsa Paulino João da Costa tiveram os mandados de prisão cumpridos após serem identificados nas investigações da Delegacia de Veículos. A ação resultou na apreensão de uma carga de óleo de cozinha, além de dois tratores no valor de R$ 320 mil, roubados no dia 19 de outubro, no município de Jaciara.

Segundo o delegado Wagner Bassi Junior, o grupo criminoso vinha sendo investigado desde o início deste ano, pelo envolvimento em pelo menos 18 roubos de cargas e caminhões, que causaram prejuízos às vítimas calculado em aproximadamente R$ 7,3 milhões.

As investigações apontam que o grupo tinha uma organização articulada para prática dos assaltos, em que cada indivíduo tinha sua função. Os criminosos efetuavam os roubos sempre no mesmo modus operandi. O caminhão que teria a carga roubada era cuidadosamente escolhido, e passavam a ser monitorado e acompanhado pela quadrilha que aguardavam o momento certo para agir.

Em um veículo menor, a quadrilha seguida o alvo nas rodovias do Estado, e quando o motorista do caminhão diminuía a velocidade em algum trecho, os suspeitos aproximavam com o automóvel, e o integrante conhecido como “Aranha”, que atualmente está preso, subia no caminhão indo até o eixo de ligação com a carreta com a carga e fazia o desligamento entre as partes.




O procedimento fazia com que o motorista parasse o caminhão, momento em que era rendido pelos outros integrantes da quadrilha. Em seguida a vítima era levada para o cativeiro e libertada onde era mantida por 24 ou 48 horas após o roubo, quando os criminosos conseguiram dar o destino na carga e no caminhão.

Apontado como líder da quadrilha, Antonio Jose da Costa, o “Cabecinha”, foi preso no final da tarde sexta-feira (23.10), em uma residência em Várzea Grande. No local, os investigadores da Derrfva apreenderam a carga de óleo roubada, no dia 13 de setembro, avaliada em R$ 80 mil.

O acusado estava com dois mandados de prisão expedidos pelas Comarcas de Lucas do Rio Verde e Nobres, pelos crimes de roubo e associação criminosa. Além de ter as ordens judiciais cumpridas, o criminoso foi autuado em flagrante delito por receptação.

O segundo suspeito preso na ação, Paulino João da Costa, também estava com dois mandados de prisão em aberto pelas Comarcas de Lucas do Rio Verde e Nobres, por roubo e associação criminosa. Ele foi preso pelos pela equipe da Derrfva, na quinta-feira (22.10), em uma chácara no município de Nossa Senhora do Livramento, de propriedade do líder Antonio José.

No local, foram localizados os dois tratores roubados escondidos no meio à mata e cobertos por uma enorme lona. O suspeito foi conduzido a Derrfva e foi autuado pelo crime de receptação.
Para o delegado Wagner Bassi, a quadrilha trabalhava com encomendas das mercadorias. “As investigações apontam que os caminhões eram levados para outros estados como Rondônia, Mato Grosso do Sul, e Pará, e clonados. Após ser subtraída, a carga era transferida para outro caminhão e levada para o destino final, já que normalmente a mercadoria era sobre encomenda”, explicou o delegado.

Fonte: Assessoria PJC/MT

Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização