Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Corinthians pôs 4 na seleção, times brasileiros não faziam isso há 5 anos

Corinthians pôs 4 na seleção, times brasileiros não faziam isso há 5 anos

Corinthians é o líder do Campeonato Brasileiro, com 67 pontos


Em grande fase no Campeonato Brasileiro, o Corinthians irá ceder quatro jogadores do elenco à seleção brasileira. A opção do técnico Dunga por Cássio, Gil, Elias e Renato Augusto fez o time alvinegro encerrar um jejum que durava mais de cinco anos -- ou 35 convocações da equipe nacional.

A última vez que um clube brasileiro teve quatro jogadores convocados à seleção brasileira foi em julho de 2010. À época, o técnico Mano Menezes incluiu os santistas Neymar, Robinho, Ganso e André na lista do amistoso contra os Estados Unidos. O jogo marcou o início do trabalho do treinador na seleção.

O levantamento exclui as listas caseiras, que traziam apenas jogadores que atuavam no futebol brasileiro. Neste período, foram seis convocações desse tipo, para quatro jogos do Superclássico das Américas, contra a Argentina, em 2011 e 2012, além de amistosos diante de Bolívia e Chile, em abril de 2013, já com Luiz Felipe Scolari.

Além de Corinthians e Santos, mais dois times da Europa conseguiram ter quatro atletas convocados. O primeiro foi o Chelsea, em novembro de 2013. Na ocasião, a equipe inglesa cedeu David Luiz, Ramires, Oscar e Willian à seleção de Felipão (o time enfrentou Honduras e Chile).

O fato voltou a ocorrer em mais três oportunidades, todas em 2014 -- nas duas últimas, o lateral Filipe Luís (na época no time londrino) se juntou a Ramires, Oscar e Willian. David Luiz, por sua vez, já defendia o Paris Saint-Germain.

No fim do ano passado, foi a vez de o próprio PSG repetir a dose. A convocação de Dunga para os amistosos contra Turquia e Áustria trazia o quarteto David Luiz, Marquinhos, Thiago Silva e Lucas. 

Lista caseiras

Em 2011, Mano chamou quatro atletas do São Paulo para a partida de ida do Superclássico das Américas: Rhodolfo, Casemiro, Cícero e Lucas. Na volta, convocou os santistas Rafael, Danilo, Neymar e Borges.

No ano seguinte, também pelo Superclássico, Corinthians e São Paulo tiveram quatro jogadores chamados no jogo de ida. O time alvinegro cedeu Cássio, Fábio Santos, Ralf e Paulinho. O são-paulino, Rhodolfo, Jadson, Lucas e Luis Fabiano. 

Na segunda partida, foi a vez de Fluminense (Carlinhos, Jean, Thiago Neves e Fred) e Atlético-MG (Marcos Rocha, Rever, Leonardo Silva e Bernard). O Corinthians voltou a ter quatro atletas na seleção em 2013, no amistoso contra a Bolívia. Naquela oportunidade, Felipão convocou Matheus Vidotto, Ralf, Paulinho e Pato.

Jejum corintiano

A convocação do quarteto do Corinthians também encerrou um jejum do clube. A última vez que o time cedeu tantos atletas foi em agosto de 2000, para a partida contra o Chile, válida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo 2002. Esse jogo, por sinal, foi o último em que um clube brasileiro cedeu tantos atletas para partidas oficiais (Eliminatórias, Copa América, Copa das Confederações ou Copa do Mundo).

Na ocasião, o Corinthians, que também vivia grande fase, com dois títulos brasileiros nas temporadas 1998 e 1999, cedeu o zagueiro Fábio Luciano, os meias Vampeta e Ricardinho, além do atacante Edílson.

Fonte: Diego Salgado Do UOL, em São Paulo - Foto: Ricardo Nogueira/Folhapress

Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização