Publicidade 1
Publicidade 1

Publicidade 14

Publicidade 14

Publicidade 15

Publicidade 15

Publicidade 16

Publicidade 16

Publicidade 17

Publicidade 17

Publicidade 18

Publicidade 18

Publicidade 19

Publicidade 19

Publicidade 20

Publicidade 20

Publicidade 21

Publicidade 21

Publicidade 22

Publicidade 22

Publicidade 23

Publicidade 23

Publicidade 24

Publicidade 24

Publicidade 25

Publicidade 25
Home » » Chuva de granizo destrói plantações e mata pássaros

Chuva de granizo destrói plantações e mata pássaros


Na tarde de ontem (23) a chuva de granizo durou cerca de 10 minutos, na região da comunidade Brígida, a 6 quilômetros do centro de Sinop. O agricultor Pedro Cichaseske relatou, ao Só Notícias, que as pedras não causaram grandes estragos em residências ou barracões, mas chegou a destruir as plantações de hortaliças, de onde muitos tiram a renda e matou pássaros.

O agricultor destacou que a chuva de pedras de gelo assustou. “As pedras não eram tão grandes, foi cerca de 10 minutos. Não houve muito estrago em casas ou barracões, mas destruiu bastante plantação de hortaliças, legumes que o pessoal vende para os mercados. Morreram muitos pássaros também, pequenos e até corujas. Muita folha de árvore caiu também”.

Moradores também registram as pedras em fotos divulgadas nas redes sociais. O prejuízo com os estragos causados ainda estão sendo levantados. Conforme Só Notícias já informou, no perímetro urbano, ventos fortes e a chuva causaram alguns estragos e trouxeram prejuízos. É o caso do proprietário de uma Honda CG Tinta azul estacionada na avenida das Embaúbas. A árvore não resistiu ao vento e caiu atingindo a parte traseira da motocicleta, que ficou parcialmente danificada. Ninguém se feriu.

Lucas do Rio Verde e Nova Mutum também tiveram casas e barracões destelhados.




Fonte: Só Notícias/Weverton Correa - Foto: Divulgação
Espalhe por ai :
Copyright © Barra News - Todos os direitos reservados
Barra do Bugres - Mato Grosso - Brasil

Qualquer material nao pode ser publicado, transmitido, reescrito ou distribuido sem autorização